ePharma PBM do Brasil

Governança Corporativa

Nossa liderança é regida pela consciência de nossas habilidades e nossa capacidade em transformar pessoas.

Governança Corporativa

Os princípios básicos que regem a empresa nesses 19 anos permanecem inalterados. A ePharma sempre se pautou pelos valores da ética e da legalidade. Respeitamos o princípio da igualdade de tratamento entre os acionistas e asseguramos a transparência e o rigor em nossos demonstrativos econômico-financeiros, que todos os anos passam por uma auditoria externa.

Criamos uma área de Governança Corporativa para assegurar nossos princípios em todas as ações da companhia. Nosso objetivo é garantir que todos os processos, condutas, costumes e práticas estejam de acordo com as diretrizes do nosso propósito e responsabilidade corporativa.

Salvaguarda das informações

Construímos um ambiente de proteção de dados, desenhado dentro dos princípios fundamentais da salvaguarda das informações:

  • Legalidade, lealdade e transparência
  • Limitação de propósito e finalidades
  • Minimização de dados
  • Acuracidade, exatidão
  • Limitação no armazenamento
  • Integridade e confidencialidade

Em 2.018, iniciamos o processo de certificação ISO/IEC 27.001, que trata dos padrões de segurança das informações. Neste sentindo, entre outras providências essenciais, estamos trabalhando para atender em 100% à LGPD (Lei Geral da Proteção de Dados).

Conselho de Administração

O Conselho de Administração é responsável pela estratégia e formulação, em longo prazo, da política de negócios da companhia. Entre suas atribuições estatutárias, destacam-se a designação do corpo diretivo e o monitoramento de sua gestão. O Conselho é formado por cinco membros representantes dos acionistas.

Diretoria Executiva

Os diretores da ePharma são escolhidos pelo Conselho e responsáveis pela administração dos negócios e pela implementação das políticas e diretrizes gerais da companhia. Trabalhamos de forma integrada para nosso maior propósito: prover acesso à saúde para uma vida melhor.

Luiz Carlos Silveira Monteiro​

Presidente do Conselho de Administração e fundador da ePharma, criada em 1.999, médico e gestor em saúde, foi presidente da Associação Paulista de Cirurgia Pediátrica e diretor da Associação Médica Brasileira. Conselheiro de Administração pelo IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa e Fundador e Conselheiro da ASAP – Aliança para a Saúde Populacional.

Eduardo Mangione

Diretor-Presidente da ePharma, formou-se em Economia e MBA em Gestão de Negócios pela ESPM, acumula 22 anos de experiência profissional. Depois de passagens por outros segmentos, incluindo o mercado financeiro, atuou por 13 anos na Procter & Gamble (P&G) como diretor de marketing e comércio eletrônico. Na sequência, tornou-se CEO da Netfarma e diretor da Drogaria Onofre, adquirida pela RD no segundo semestre de 2019.

Marcos Inocencio

Diretor Corporativo, foi consultor na Andersen e também atuou pelo Chase, Monsanto e Carrefour. AMP pelo INSEAD, mestre e graduado em Administração de Empresas pela PUC-SP e formado em ciências contábeis pela UNIP-SP. Cursou MBA no IBMEC-SP e especializações em business analytics na NYU Stern School of Business, strategies for talent analytics e digital transformation no MIT Sloan School of Management, driving organic growth through innovation e general management na Kellogg School of Management e business innovations in global health care na Harvard Business School.

Bruna De Vivo

Head de Operações Farmacêuticas da ePharma, com experiência no mercado de PBM desde 1.999. Membro da Comissão de Saúde do Conselho de Farmácia de São Paulo entre 2.009 e 2.010, formou-se na Faculdade de Farmácia da Unisantos e cursou MBA na Fundação Dom Cabral, além de especialização em saúde pela PUC-SP.

Wilson de Oliveira Junior

Diretor de Negócios & Operações, formou-se em administração de empresas na Uirapuru/COC Sorocaba e cursou MBA na FGV em gestão empresarial com enfâse em finanças. Acumula passagens por companhias como Nikho do Brasil, Farmoquímica, Boehringer Ingelheim e Pfizer – nesta última, permaneceu por 22 anos e especializou-se em trade marketing e estratégias comerciais.

Thiago Mônaco

Diretor de TI, atuou como diretor de TI em uma empresa de Prontuário Médico Eletrônico, com foco em Big Data, e também na área de consultoria da Microsoft Brasil. Bacharel em Ciência da Computação, cursou pós-graduação em Gestão de Projetos e Portfólios, além de receber o prêmio de MVP (Microsoft Most Valuable Professional) por sete vezes.

Ética e Conduta

Regulamentos e controles

A existência de uma série de códigos e políticas reforça o compromisso da ePharma com a ética e transparência nas suas atividades.

Código de Conduta para Fornecedores

Apresenta as diretrizes da relação da companhia com seus fornecedores, detalhando os padrões que devem ser estabelecidos em todos os contratos, parcerias comerciais e institucionais. A ePharma entende que sua reputação é resultado de um processo coletivo, que deve envolver toda a cadeia de valor direta ou indiretamente relacionada às suas atividades.

Confira aqui o Código de Conduta para Fornecedores

Código de Conduta para Colaboradores

Documento que contém os princípios éticos e normas de conduta extensivos a todos os colaboradores, seja atuando exclusivamente em nome da empresa, seja em nome de clientes, em conjunto com sócios, parceiros, fornecedores, prestadores de serviço ou consultores.

Confira aqui o Código de Conduta para Colaboradores

Política de Contratação de Intermediários

Institui normas que definem o processo de contratação de terceiros intermediários, responsáveis por conduzir negócios em nome da ePharma. O objetivo é prevenir riscos decorrentes da violação das leis anticorrupção no Brasil e no exterior, capazes de comprometer o patrimônio e a imagem da companhia.

Confira aqui a Política de Contratação de Intermediários

Política Antitruste

Exige dos colaboradores internos e externos o cumprimento da Lei nº 12.259/2011, que rege a atuação do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência (CADE). O objetivo é evitar atos e práticas inadequadas no relacionamento com empresas concorrentes e profissionais nela atuantes.

Confira aqui a Política Antitruste

Política Anticorrupção

Desde 2013, a ePharma possui um documento específico para combater práticas de corrupção e lavagem de dinheiro. Além dos instrumentos de compliance já implantados, as medidas incluíram a criação de um Conselho de Colaboradores e um programa de capacitação para todos os públicos envolvidos.

Confira aqui a Política e Procedimentos Anticorrupção e Antilavagem de Dinheiro

Política para recebimento e oferta de brindes, presentes, entretenimento e hospitalidades

Apresenta preceitos e diretrizes que delimitam a oferta e aceitação de brindes, presentes, convites para atividades de entretenimento e hospitalidades, o que inclui participação em eventos. Funciona como um guia para preservar a integridade da empresa e dos colaboradores.

Confira aqui a Política para recebimento e oferta de brindes, presentes, entretenimento e hospitalidade

Comitê de Ética

Formado por um órgão colegiado, integrado por dois diretores, dois gerentes e um colaborador da equipe operacional, tem a função de dar encaminhamento às questões apontadas pelo código. Também atua como canal para receber reclamações e denúncias. Todas as informações são tratadas com confidencialidade e há compromisso específico com a integridade do autor da comunicação. As denúncias, identificadas ou anônimas, têm dois canais de acesso ao Comitê de Ética: pela intranet e por um endereço exclusivo de e-mail.

Para acessar o Canal Confidencial clique aqui

Composição Acionária

Relatório Anual

2016