ePharma PBM do Brasil

CONSUMO DE VITAMÍNICOS CRESCE 29% EM UM ANO

Segundo a ePharma, 20.622 suplementos para o reforço do sistema imunológico foram comercializados no período

O consumo de suplementos vitamínicos para o reforço do sistema imunológico, prescritos para beneficiários de planos de medicamentos, cresceu 29% em um ano. É o que aponta um estudo da ePharma, health tech com foco em assistência farmacêutica, gestão de saúde populacional e auxílio a programas de suporte ao paciente.

De acordo com a pesquisa, 20.622 unidades foram comercializadas entre janeiro e agosto de 2020, contra 16.037 no mesmo período do ano passado. Os estados do Sudeste concentram 68% do montante total, mas os maiores aumentos percentuais ocorreram nas regiões Norte e Sul – 47% e 40%, respectivamente. O levantamento indicou também que o número de usuários cobertos por planos de benefício de medicamentos no período foi de 8.222.

Entre os remédios dessa classe terapêutica, cinco grupos de princípios ativos estão entre os mais prescritos. São eles: Vitamina C/Ácido Ascórbico  (11.895 unidades – avanço de 87,06% sobre 2018), Polivitamínicos (2.565), Polivitamínicos e sais minerais (1.735), Arginina e Vitamina C (799) e Vitamina C combinada com Zinco (593).

Consumo total de suplementos por região

Centro-Oeste                       1.424 (7%)

Nordeste                               2.768 (13%)

Norte                                      1.397 (7%)

Sudeste                                14.014 (68%)

Sul                                         1.019 (5%)

Total                                      20.622