ePharma PBM do Brasil

PLANOS DE SAÚDE PODEM OFERECER QUIMIOTERAPIA ORAL PARA PACIENTES

Projeto aprovado no senado ainda terá que passar pela Câmara dos Deputados e sanção do presidencial.

No último dia 3 de junho, o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei 6.330/2019, que facilita e amplia o acesso de pacientes à quimioterapia oral. Ele prevê que, após registrados na Anvisa, os medicamentos orais contra câncer sejam automaticamente oferecidos pelos planos de saúde, assim como já é feito com as quimioterapias intravenosas.

Em meio ao cenário da pandemia, por exemplo, onde parte dos pacientes oncológicos tem optado por não receber a quimioterapia nas unidades de saúde, a utilização de um tratamento via oral não só amplia o acesso, mas também garante maior segurança ao público que precisa desse tipo de tratamento.

De acordo com a advogada Andrea Bento, após a aprovação no Senado e na Câmara e recebendo sanção presidencial, a segunda etapa será a mobilização junto ao Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar para que os medicamentos entrem no rol de cobertura e estejam efetivamente disponíveis para pacientes oncológicos nos sistemas público e privado.

“A ePharma tem vivenciado a preocupação por parte dos pacientes oncológicos em evitar a exposição ao risco de contaminação com Covid-19, portanto acompanhamos de forma humanizada e acolhedora o tratamento dessas vidas. Oferecemos um suporte completo às Operadoras de Saúde no que se refere a compra e dispensação dos oncológicos orais como também o monitoramento de refis. Tudo para garantir conforto e segurança aos pacientes e aos nossos clientes.” Comenta Andréa Rangel, Head de Negócios do Canal Operadoras de Saúde na ePharma.

 

Fonte: https://vencerocancer.org.br/cancer/noticias/sim-para-quimio-oral-aprovado-no-senado-federal/